Ucrânia: Notícias do Front

Vivemos tempos extraordinários. Os eventos correntes no leste europeu marcam “um tempo que [pelas suas peculiaridades] nunca foi vivido na história humana”, como disse Thomas L. Friedman no New York Times de hoje [Nunca Estivemos Aqui Antes].

Imagem: Pexels

Portanto é razoável que este blog, em princípio dedicado à ciência e à tecnologia, queira ter este registro histórico em suas páginas. Aqui falamos de sexo + tecnologia, arte + tecnologia, tudo + tecnologia. Vamos então usar a prerrogativa de poder tratar da gloriosa [slavnyy] guerra na Ucrânia, que praticamente é fruto da tecnologia, exibindo [para quem sabe ler] todos os excessos e absurdos de seu DNA social-midiático. Allez.

Um correspondente na Lituânia, nos círculos de Schneier on Security [link], dá conta da interessante nota abaixo nesta manhã de sábado. A origem e veracidade da informação só pode ser especulada, mas é compatível com os dados sobre a Rússia disponíveis a todos no Ocidente. Ponderei um tanto antes de postar, e concluo que a informação vale a pena. Aspas até o fim:

“Intel de um oficial ucraniano sobre uma reunião no covil de Putin nos Urais. Os oligarcas se reuniram nesse local para facilitar a contagem e garantir que ninguém fugisse ao encontro. Putin está furioso, ele pensou que a guerra toda seria fácil e tudo teria terminado em 1-4 dias.

Os russos não tinham um plano tático antes da invasão. A guerra custa cerca de US$ 2 bilhões por dia. Há foguetes para 3-4 dias no máximo, eles estão sendo usados com moderação. Eles não têm armas, as fábricas Tula e 2 Rotenberg não podem cumprir fisicamente os pedidos. Rifles e munição são o máximo que podem fazer.

As próximos lotes de armas russas só podem ser produzidas em um prazo de 3-4 meses – se tanto. Eles não têm matéria-prima. O que antes era fornecido principalmente pela Eslovênia, Finlândia e Alemanha agora está cortado.

Se a Ucrânia conseguir manter os russos afastados por 10 dias, os russos terão que entrar em negociações. Porque eles não têm dinheiro, armas nem recursos. No entanto, eles estão indiferentes quanto às as sanções.

Alpha Spec Ops [Operações Especiais] está perto de Kiev desde 18 de fevereiro. O objetivo era tomar Kiev e instalar um regime fantoche. Eles estão efetuando provocações contra civis inocentes – mulheres e crianças – para semear o pânico. Este é o seu trunfo.

Todo o plano da Rússia se baseia no pânico – que os civis e as forças armadas se rendam e Zelensky fuja. Eles esperam que Kharkiv se renda primeiro para que as outras cidades sigam o exemplo para evitar derramamento de sangue. Os russos estão chocados com a resistência feroz que encontraram.

Os ucranianos devem evitar o pânico! Os ataques com mísseis são para intimidação, os russos os disparam aleatoriamente para atingir “acidentalmente” edifícios residenciais para fazer o ataque parecer maior do que realmente é. A Ucrânia deve permanecer forte e devemos fornecer assistência!”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s