Covid-19: Variantes das Variantes Podem Levar ao Escape de Imunidade

A disseminação descontrolada das variantes mais contagiosas de coronavírus no Brasil parece ter criado versões ainda mais perigosas do vírus que causa a Covid-19. Uma equipe de pesquisadores da Fiocruz documentou as mudanças. Suas descobertas foram registradas em uma pré-impressão no site virological.org, antes da revisão pelos pares. Apresentamos abaixo o resumo em português.

Resumo

Mutações tanto no domínio de ligação ao receptor (RBD) quanto no domínio amino (n) -terminal (NTD) da(s) glicoproteína(s) das espículas do SARS-Cov-2, podem alterar sua antigenicidade e promover o escape da imunidade. Identificamos que as linhagens da SARS-Cov-2, circulando no Brasil com mutações preocupantes no RBD, adquiriram exclusões e inserções convergentes no NTD da proteína S, o que alterou o antígeno NTD-superlocal e outros epítopos previstos para esta região. Esses achados suportam a afirmação de que a transmissão generalizada em andamento da SARS-Cov-2 no Brasil está gerando novas linhagens virais que podem ser mais resistentes à neutralização do que as variantes parentais de preocupação.

(*)Esta é uma pesquisa da Fiocruz. Por alguma razão celestial ela foi publicada em inglês antes desta maltratada língua pátria. Coisas da Torre de Marfim; dos desígnios acadêmicos narcisísticos aqui da Banânia. De qualquer forma, presto um serviço público não-remunerado ao trazer o assunto à atenção do público brasileiro, em língua portuguesa, através deste blog. Talvez um dia Deus me pague [yeah, sure… :rollseyes]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s