Arroz-feijão? Sim. E Funciona? Pode Apostar

Em servidores Linux, pode ser incrivelmente difícil qualquer processo se completar se o disco estiver sem espaço. Comandos de cópia e até mesmo as exclusões podem falhar ou demorar, quando a memória tenta “swap” para um disco que está cheio e há pouco a se fazer para liberar grandes lotes de espaço. Mas, e se houvesse uma maneira de liberar um grande espaço em disco nos momentos em que você realmente precisa? A resposta: Digite o comando dd[1].

Red beans and rice – prato do sul dos EUA

Como decisão de ano-novo, todos os meus servidores têm agora um arquivo espacer.img de 6 a10 GB vazio, que não faz absolutamente nada, exceto ocupar espaço. Dessa forma, em um momento de crise de disco cheio, posso simplesmente excluí-lo e ganhar algum tempo crítico para depurar e corrigir o problema. Oito Giga é uma quantidade significativa de espaço, mas o armazenamento é tão barato nos dias de hoje que acumular esse espaço vazio é basicamente imperceptível… um volume pequeno para se notar normalmente, mas que faz toda a diferença do mundo quando se precisa.

Então é isso. É por isso que eu mantenho um arquivo inútil no disco em todos os momentos: para poder um dia deletá-lo. Esta solução é super simples, trivial para implementar e fácil de utilizar. Verdadeiro arroz-feijão. Obviamente, a solução real é não deixar o servidor de banco de dados sem espaço, mas, como todo administrador sabe, às vezes os servidores ficam cheios devido a erros simples ou falhas inesperadas de design. Quando chega a hora, é bom ter um plano B, porque, caso contrário, você está enrolado com um disco cheio e um dia muito ruim pela frente.

[1] dd é um utilitário de linha-de-comando para sistema UNIX e derivados, cujo propósito é converter e copiar arquivos;

Para criar uma imagem de um HD: Em vez de fazer um backup do disco, você pode criar um arquivo de imagem do disco, como sugerido acima, e salvá-lo em outros dispositivos de armazenamento. Há muitas vantagens em fazer o backup de seus dados para uma imagem de disco, sendo uma a facilidade de uso. Este método é tipicamente mais rápido que outros tipos de backups, permitindo que você restaure rapidamente os dados após uma catástrofe inesperada. Exemplo:

dd if = /dev/hda of = ~/hdadisk.img

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s