Ransomware: Cada Vez Pior

Poucas coisas provocam um calafrio tão desconfortável quanto logar em um computador e visualizar uma mensagem dando conta de que todos os seus arquivos e dados estão bloqueados e indisponíveis para acessar. No entanto, como a sociedade depende cada vez mais da tecnologia digital, esse é um cenário cada vez mais comum. Ransomware, uma aplicação que criptografa os dados para que os cibercriminosos possam extrair um pagamento pelo seu retorno seguro, tornou-se cada vez mais comum – e caro. Um relatório de 2019 da empresa de segurança Emisoft projetou o custo anual de ransomware em mais de US $ 7,5 bilhões, apenas nos EUA.

Uma pop up de ransomware

“Indivíduos, empresas, hospitais, universidades e governo, todos já caíram vítimas de ataques”, diz Chris Hinkley, chefe da equipe de pesquisa da unidade de resistência a ameaças (TRU) da firma de segurança Armour. Em um cenário de pior caso, os resgates exigidos podem ser da ordem de dezenas de milhões de dólares, capazes de fechar inteiramente as operações de uma organização. Ransomware já forçou hospitais a redirecionar pacientes a outras instalações, interrompeu serviços de emergência e destruiu negócios.

O problema só vai piorar, apesar do desenvolvimento de novas e mais avançadas maneiras de combatê-lo, incluindo o uso de análise comportamental e inteligência artificial. “As Cybergangs usam diferentes algoritmos criptográficos e distribuem software notavelmente sofisticado e difícil de detectar”, diz Hinkley. “Hoje, quase não há barreiras para a entrada no negócio de ramsonware, e o dano infligido é enorme”.

Na íntegra em Comunication of the ACM (em inglês).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s